sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Para entender o que acontece no Rio



O Rio de Janeiro está em guerra. Todos acompanham na TV e nos jornais. Só que muita verdade deixa de ser dita pela mídia, que se preocupa inteiramente em mostrar as imagens (um show, que dá muita, muita audiência) que chocam e espalham medo na população. Análise da situação, é o que falta. Entender o problema a fundo. Saber onde ficam os pingos nos "ís', e entender porque chegamos a tal ponto. Os traficantes estão acuados, a polícia invade os morros. Mas estas são ações de momento. Medidas paleativas, de impacto. Ninguém falou de ações de longo prazo. Postos de saúde presentes nas comunidades e com médicos à disposição. Escolas decentes. Ações que livrariam o cidadão da necessidade da presença do tráfico. Se ele está lá, é o porque o Estado não se fez presente.

Agora, "mija" no território usando fuzis e tanques. O governo do RJ estava tranquilo com as UPPs, matérias na TV disseminavam essa falsa ideia de tranquilidade. Poucos tiveram a coragem de apontar o dedo e denunciar que essas unidades estavam em pontos estratégicos e não onde realmente deveriam estar, ou seja, onde os índices de violência estavam sempre acima da média. Para entender um pouco mais esse jogo de xadrez sem vencedor, leiam o artigo do jornalista Gustavo Barreto, do site "Consciência Net". Precisamos entender para poder opinar....

http://www.consciencia.net/o-jornalismo-desonesto-e-o-mito-do-crime-organizado/

2 comentários:

  1. Não podemos urbanizar a favela temos muitos estádios para construir. A FIFA pede o governo dá, o povo precisa e todos nós sabemos o que acontece.

    É ridículo.

    E aidn vem a público dizer "não tenham medo" e quem garante a coragem?

    Foda meu amigo, foda.

    P.s. e agente sabe que se o PCC quisesse colocava fogo aqui também.

    ResponderExcluir
  2. Tem que meter bala nesses filhos da puta!!!!

    Canhão na bunda deles!!! FODA-SE

    ResponderExcluir