quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Consciência Negra em Piracicaba, interior de SP

(Fonte: Gazeta de Piracicaba)
O Dia da Consciência Negra, comemorado nesta sexta-feira (20), feriado municipal, terá apresentações culturais, debates, exposições, rodas de conversa e palestras para estimular a reflexão sobre a situação do negro na sociedade brasileira. As atividades começam às 8 horas com missa Afro na Igreja de São Benedito; às 9 horas, sessão solene na Câmara de Vereadores em homenagem à raça negra; e às 10 horas, no Sesc, apresentação de grupos e canto com repertório étnico (Coral Afro Tulany, Sanguluka, Capoeira na Periferia, com grupo de flauta doce).
A programação prossegue à tarde. Às 13h30, no Engenho Central, mostra artístico cultural (cururu, hip hop, dança de rua, dança afro, percussão, capoeira, batuque de umbigada, samba lenço, roda de samba com participações especiais). O encerramento acontece às 21 horas, no Largo dos Pescadores, com a Noite da Seresta - com a temática Dia da Consciência Negra.No dia 21, a partir das 14 horas, no Sesc, será abordado o tema "Território: Cidadania e Cultura", com participação especial de Toniquinho Batuqueiro. Dia 22, às 14 horas, no Sesc, em pauta "São Paulo em Retalhos", com Junior do Peruche e participação especial de Mauricinho da Mazei.
Também no dia 22, às 17 horas, na Estação da Paulista, "Folclore Hoje". Dia 29, às 16 horas, no Largo dos Pescadores, acontece o aniversário do Porto Maracatu.A programação é organizada pelo Centro de Documentação, Cultura e Política Negra e tem o apoio da Secretaria de Ação Cultural, Câmara de Vereadores, Assessoria de Gêneros e Etnias, SESC e Pastoral Afro.Jurandir Silvestre, presidente do Centro, conta que durante o mês de novembro acontecerão atividades voltadas à população em geral."Queremos integrar a comunidade, conscientizá-la e sensibilizá-la para o assunto. Unir forças para um mundo mais justo e humano".Rosângela Camolese, secretária da Ação Cultural, disse que as comemorações visam a unir os esforços daqueles que desenvolvem atividades em prol da comunidade negra."Fortalecem as ações de quem luta o ano todo pela consciência negra, assim como as atividades em prol das mulheres e dos idosos".

Um comentário:

  1. Sou de Piracicaba, como Chico Science falou um passo a frente voce nao esta mais no mesmo lugar só que confesso o dia da consciênicia aq poderia ser um pouco mais questionador, revelador ao inves de tão festivo...mas isto é só uma opinião.. já estou de seguidor aí.. Aquele abraço...

    ResponderExcluir